Escolha uma Página
Benefícios do Pilates para corredores

Benefícios do Pilates para corredores

Todos sabem que a corrida traz inúmeros benefícios para a saúde, e às vezes algumas lesões articulares ou musculares também aparecem, por isso é muito importante fazer um trabalho de fortalecimento, consciência corporal e propriocepção junto com o treino de corrida.

É essencial que os treinos sejam orientados por um profissional capacitado, e o Pilates é um excelente aliado, que além de prevenir lesões, pode ajudar a melhorar o desempenho nos treinos.

O Pilates também melhora a postura, fazendo assim com que se gaste menos energia durante a corrida, melhorando a performance do atleta. Também é muito importante que o core (conjunto de músculos responsável pelo nosso equilíbrio e pela adequação postural do tronco em qualquer movimento) e músculos da coluna estejam fortes, e isso é trabalhado durante todas as aulas de Pilates.

A corrida é um exercício constante, que tem movimentos repetitivos e isso fortalece apenas alguns músculos, sobrecarregando alguns tecidos e provocando lesões causadas pelo desequilíbrio muscular, por isso os outros grupos musculares também precisam ser trabalhados.

Para um bom desempenho, os praticantes de corrida precisam ter uma respiração adequada, que é muito trabalhada durante as aulas de Pilates, aumentando a capacidade pulmonar do atleta.

Listarei a seguir os principais benefícios que o Pilates pode proporcionar aos praticantes de corrida:

– Prevenção de lesões;

– Fortalecimento e alongamento da musculatura;

– Equilíbrio muscular;

– Melhora da performance;

– Melhora da propriocepção, equilíbrio e consciência corporal;

– Aumento da capacidade pulmonar;

– Aumento da resistência muscular.

 

Pilates e corrida, a união perfeita para quem deseja saúde e disposição.

Benefícios do Pilates para idosos

Benefícios do Pilates para idosos

“Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem.” Joseph Pilates

 8128588_s

Com o aumento da expectativa de vida, as pessoas estão buscando cada vez mais chegar à terceira idade com saúde e disposição, e o Pilates é um ótimo aliado.

É muito comum pessoas idosas perderem massa muscular, equilíbrio, força e resistência. A postura também vai se modificando com a idade e com todas essas alterações, vêm as dificuldades de realizar tarefas diárias, tombos e dores.

O Pilates trabalha com as particularidades de cada pessoa, então pode ser muito eficiente para um idoso que nunca praticou atividade física e com patologias articulares ou para um idoso ativo, sem dores e com a musculatura forte e alongada. Para uma pessoa sedentária, com a musculatura enfraquecida e dores crônicas, o Pilates vai iniciar trabalhando mobilidade articular, alongamento e um leve fortalecimento muscular, com o tempo as dores melhoram, a mobilidade e força aumentam e o equilíbrio também, devolvendo a qualidade de vida e diminuindo as chances do aparecimento de diversas doenças.

Apesar dos exercícios não terem impacto, podem ser realizados saltos na posição deitada com a prancha de salto, para minimizar a perda de massa óssea e prevenir a tão temida osteoporose.

Idosos que já são ativos e saudáveis também desfrutam de muitos benefícios do Pilates. O próprio Joseph Pilates praticou até sua morte, aos 83 anos.

Pilates em Suspensão

Pilates em Suspensão

O TREINO SUSPENSO NEM SEMPRE ACONTECE NAS ALTURAS

 

Muita gente adora o Pilates clássico, porém a procura por suas variações aumenta a cada dia, principalmente quando se fala no Pilates em suspensão. Existem muitas dúvidas sobre, e as principais são:

 

O que é Pilates em suspensão?

É uma variação do Pilates, onde os princípios e benefícios são os mesmos do Pilates tradicional, porém são usados aparelhos específicos, a aula fica mais dinâmica e aumenta a variedade de exercícios.

Treino suspenso não significa que a pessoa ficará o tempo todo pendurada ou em inversão. Muitas vezes esses exercícios desafiadores serão realizados apenas depois de muito tempo da prática, pois o mais importante é seguir um propósito durante as aulas e não visar apenas o desafio ou beleza dos exercícios sem levar em consideração as necessidades individuais dos alunos.

iPhone 151

Quem pode praticar?

Assim como o Pilates clássico, qualquer pessoa, em qualquer nível de condicionamento físico pode praticar, pois existem exercícios básicos e os mais avançados e também os queridinhos acrobáticos, aqueles que ficam lindos nas fotos, mas nem sempre são os mais eficientes. É muito importante que os alunos passem por todas as etapas e faça sempre os movimentos corretos e siga os princípios da técnica.

Também pode ser praticado por gestantes, pessoas que estão em fase de reabilitação em um pós-cirúrgico ou patologia articular, crianças, idosos, atletas.

 

Quais os benefícios?

Os benefícios são os mesmos do Pilates clássico, aqui vão alguns deles:

  • aumenta a resistência física e mental;
  • alonga e melhor controle corporal;
  • corrige postural;
  • aumenta da flexibilidade, tônus e força muscular;
  • alivia das tensões, estresses e dores crônicas;
  • melhora a coordenação motora;
  • dá maior mobilidade das articulações;
  • estimula do sistema circulatório e oxigenação do sangue;
  • trabalha a respiração;
  • promove o relaxamento
  • aumenta a concentração;
  • para gestantes: alivia dores na coluna, melhora o alongamento e trabalha a respiração, tornando o parto mais tranquilo e ajuda no período pós-parto, por fortalecer e alongar a musculatura pélvica e abdominal.

 

 

Quais os aparelhos que podem ser utilizados para o treino suspenso nas aulas de pilates?

Existem muitos aparelhos usados no treino suspenso, vou falar um pouco sobre quatro aparelhos que temos aqui na Harmônica Studio Pilates:

 

– Columpio: É um tecido suspenso, conhecido como Pilates aéreo ou aeropilates. É o mais versátil e mais querido entre instrutores e alunos. Trabalha equilíbrio e força, e permite que sejam realizados uma vastíssima gama de exercícios de fortalecimento e alongamento.

_MG_3405 iPhone 059

 

 

 

 

 

 

 

– Power balance: É uma mistura de um balanço com um trapézio circense, permitindo várias possibilidades de exercícios.

blog 005 blog 006

 

– TRX: É um aparelho leve, que pode ser fixado em qualquer estrutura fixa, sem necessitar de um grande espaço a sua volta. Ele foi criado pela marinha americana, para que os soldados pudessem manter o excelente condicionamento físico, treinando em lugares pequenos, com a enorme variedade de exercícios que o aparelho permite.

iPhone 208 blog 004

 

 

 

 

 

 

 

Elastic Training: Técnica onde um elástico é preso a um colete, oferecendo resistência ao movimento. Permite exercícios de coordenação, controle neural, equilíbrio e força.

curso 181foto 004

Benefícios do Pilates para pessoas com diabetes

Benefícios do Pilates para pessoas com diabetes

É possível incluir o Pilates no tratamento da diabetes? 

Diabetes é uma doença na qual o organismo perde, parcialmente o poder de “metabolizar” os açúcares fornecidos pelos alimentos ingeridos, assim, o açúcar que não é metabolizado acumula-se no sangue e não se transforma em energia.

Pessoas portadoras de diabetes apresentam várias complicações, tanto crônicas como agudas, se não tratada corretamente.

A atividade física é uma poderosa aliada no tratamento e prevenção da diabetes tipo I e II porque o exercício normaliza a glicose sanguínea, diminuindo a resistência à insulina e melhorando a sensibilidade a ela. Muitas vezes as doses de medicamentos são diminuídas aos praticantes de exercícios regulares.

O Pilates é indicado em casos de diabetes por ser um exercício de baixa intensidade, com risco muito pequeno de lesões e hipoglicemias, que têm maior chance de acontecer na atividade física intensa. O Pilates também reduz os níveis de cortisol (hormônio do stress) e também os riscos de doenças no coração, melhorando assim, a qualidade de vida do diabético.

A boa alimentação e muitas vezes a medicação também fazem parte do tratamento da diabetes. Não deixe de fazer acompanhamento médico e procure um profissional capacitado para a prática do Pilates.

_MG_3374

PILATES NO PÓS-PARTO

PILATES NO PÓS-PARTO

 

Quando voltar ao Pilates após o parto? Quais os benefícios?

A volta às atividades físicas depois que o bebê nasce deve ser sempre lenta, pois atividades físicas intensas podem diminuir a produção de leite. O tempo depende do tipo de parto e se teve ou não complicações, é importante sempre perguntar ao obstetra quando pode acontecer esse retorno, que geralmente é de 15 dias para o parto normal e para a cesariana, os médicos costumam liberar entre um e dois meses após o parto.

Uma caminhada com o bebê, no carrinho ou sling é sempre um ótimo jeito de recomeçar a praticar exercícios. Alongamentos e exercícios de fortalecimento mais leves também são bem vindos, principalmente fortalecimento do abdômen e assoalho pélvico, importantes na recuperação pós-parto.

O baby blues (tristeza e melancolia após o parto) tem menos chances de acontecer com a volta precoce aos exercícios, além dos hormônios liberados, a socialização proporcionada pelas aulas também ajuda nesse aspecto.

O Pilates consegue trabalhar toda a musculatura necessária para melhorar a postura, tão modificada durante a gestação, e tão exigida após o parto, melhorar o alongamento e fortalecer os músculos da região abdominal e assoalho pélvico, desde o inicio ou volta às atividades após um momento de tanta comemoração que é o nascimento de um bebê. Também é importante não esquecer dos membros superiores e inferiores, para dar muito colo sem sentir dores. Procure sempre um bom profissional, com experiência e aproveite todos os benefícios.

iPhone 194